Páginas

LÍDER EM CALÇADOS

LÍDER EM CALÇADOS
SAPATARIA GUERRA

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

EM MARAJÁ DO SENA ACUSADO DE TRAFICO É PRESO COM 825g DE MACONHA

                                    ARMAS E MUITA MUNINÇÃO

Operação conjunta dos policiais militares das cidades de Paulo Ramos e Marajá do Sena culminou com a prisão de José Saraiva da Silva, 25 anos, conhecido por “Congo” residente no povoado Coco Cacheado, município de Marajá do Sena, distante 18 km da sede do município. Com o mesmo a PM encontrou 05 (cinco) munições calibre 38 intactas; várias munições. 12; 03 (três) facas; 01 (um) farol de moto; 01 (um) jogo de chaves; razoável quantidade de pólvora e chumbo; 02 (duas) espingardas soca-soca; 01 (uma) rabeta de uma moto de placa NPQ 5610, que após consulta ao Infoseg, descobriu-se pertencer a uma Fan, 2009, preta, de Várzea Grande – MT, licenciada em nome de Weslen Soares; 01 (uma) moto Pop 100, de placa NXL 7372, roubada da cidade de Paulo Ramos há três semanas, pertencente a senhora Sâmia Luiza da Conceição e já entregue,  e 825 (oitocentos e vinte e cinco) gramas de uma substância que aparenta ser maconha.

                                     
                    JOSÉ SARAIVA D SILVA VULGO"CONGO"
A operação começou por volta das 03h dessa quarta-feira (11) e tinha por objetivo também prender José Oliveira Pinho (foto), 25 anos, conhecido por “Bandidão”, comparsa de “Congo”. Os policiais fizeram campana por toda a madrugada e na manhã numa estrada vicinal que dá acesso ao povoado Coco Cacheado, os dois ao avistarem a viatura da PM e não tendo como fugirem ao cerco, atiraram contra os policiais que revidaram. Na troca de tiros “Bandidão”, que estava de carona na Pop 100 que foi recuperada conseguiu fugir ao cerco se embrenhando no matagal, sendo o seu companheiro “Congo” preso em flagrante.

“Bandidão” e “Congo” são velhos conhecidos da polícia com inúmeras passagens por roubo a mão armada e furtos, além de comercializarem produtos entorpecentes. A dupla mora numa mesma casa no povoado Coco Cacheado. Segundo levantamentos, sempre armada, agia nas regiões de Marajá do Sena, Paulo Ramos, Lago da Pedra e Vitorino Freire.  Só entre os meses de maio e junho, deste ano, a PM destruiu cinco roças de maconha e incinerou aproximadamente 10.000 (dez mil) pés de maconha naquela área. Participaram da operação os Sargentos Diogo e Ivan, Cabo Brito, Soldados Sandro e Wágner, além do agente da Polícia Civil Nogueira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário